quarta-feira, 19 de abril de 2017

"tu sabe que ama alguém, quando ela usa sua camiseta por alguns minutos e tu deixa ela la. Sem lavar, para sentir o cheiro dela"
Estou naquela fase
Em que vou postar varias coisas sem sentido algum
Só porque sei que ninguém lê isso aqui
Estou naqueles picos de
UHU TO VIVA
droga quero morrer

E eu achando que essa angustia nunca mais ia voltar

Domingo

Cada parte do meu corpo berra:
- Saudade sua
Cara vértebra de minha coluna suspira ao lembrar do seu abraço
E em meados ao caos
Uma tempestade de medo e insegurança
Meus lábios,  ainda que trêmulos, berram:
- Necessidade de ti
Meus cabelos ainda cheiram seu toque
Meus pés querem correr para ti
Meus dedos ainda sentem sua pele
Tudo me faz lembrar de sorrir
E essa ressaca de choro que hoje amanheci
Logo é invadida de de uma paz
Porque meus olhos bem te devoraram
E cada detalhe seu fazem eles berrarem:
- Vivo de amores por ti.

terça-feira, 11 de abril de 2017

A dor maior não é da facada que levas, mas sim o esforço e lento cuidado de ter que tira-la sem deixar com que os outros vejam o excesso de sangue escorrer...

terça-feira, 4 de abril de 2017

Aos tantos

Aos poucos, a poesia vai-se esvaindo de dentro de mim
Amar e não poder zelar por isso
É como colocar uma rara gota de água em uma rocha vulcânica
Aos poucos, meu olhar torna-se turvo
E a água não flui mais como autrora jorrava ao surgir
Aos poucos, noto que nos abandonamos um ao outro dentro do outro e deixamos em parte de existir
Aos poucos, o fardo foi aumentando e eu que ja cantava pouco, desisto de interagir.
Aos poucos foi-se muito
E esse muito falta vai fazer aqui.
Não há dor, nem prantos
Nem felicidade, nem encanto
E essa monotonia de sentimentos é que faz de mim mesma os poucos versos que ainda insistem em expelir...

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza
Clique na imagem e conheça meu diário de sonhos