quarta-feira, 30 de julho de 2014

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Sentou
Respirou
Respingou
Quase se afogou no sangue que dos olhos chovia
Se é que existe ALGUÉM ela nunca conheceu...
Quando se importar não é o bastante a obcessão é o que resta de importante
Ela só queria morrer
Nem toda tatuagem do mundo é capaz de esconder as cicatrizes que carrego aqui dentro
Preciso parar de prometer só pras pessoas calarem a boca
Você me sufoca, e eu odeio isso
Queria um homem
Apaixonou-se por uma menina
Fugiu com o medo
Casou-se com o sufocamento
Do orgulho alheio que nasceu para matá-la

terça-feira, 22 de julho de 2014

terça-feira, 8 de julho de 2014

Nem leia

Tô chata
Não entendo essa minha insegurança sabe?
Queria saber ser descolada, menos aloprada, desencanada
Mas comigo não rola...
Tanto não rola que me empaco, nessa vida pacata
Deixa pra lá... depois eu falo...

sexta-feira, 4 de julho de 2014

O segredo, talvez seja, nunca se esquecer de quem te faz realmente bem... de quem mesmo longe se importa, luta por ti e não abandona...
Alguém em quem confiar
A vontade que tinha era de estender o corte e se rasgar inteira, o ódio que sente a impede de respirar, mas não o suficiente para matá-la... mas é claro que não mataria, a vida não há de ser tão docemente generosa com você pequena boneca das fitas escarlate. A vontade que tinha era de se rasgar por inteira, no entanto, costurou-se em seu cazulo e de lá nunca mais desejou sair.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Nem sei

Nem sei o que escrever
O que esperar
Se quero respirar...
A bula não me deu contra indicação
Quanto a essa constante auto punição
Por que não saber dizer adeus
E o tão famoso não
É em tudo, perder mais um pouco da razão
Não importa se machuca a dor que aqui explode
Não importa se choram por dó
Não importa se não se importam
Porque quando tudo acaba você foge do inevitável
E então marca de sorrir com um outro alguém
Beber com sei lá quem
E eu?
Bebo o sangue que de mim mesma tirei
Porque quem nasce pra ser trouxa meu bem
Assim vive
Amém
Dizer que não faz mal por mal não torna você menos mau para mim
Que sobreviver seja mais forte que a vontade de morrer

Hoje

Hoje, sobre o presente
Percebo que existem momentos intensos de alegrias, mas felicidade nem sei mais o que é
Ontem...
Mesmo que raros os momentos alegres, a felicidade era palpavel

Escolha

O difícil não é escolher
Não mais...
O difícil mesmo é reconhecer a merda que você fez com sua vida...

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza
Clique na imagem e conheça meu diário de sonhos