quinta-feira, 19 de maio de 2011

Vem aqui um pouco, tenho algo pra te falar...

...as vezes sou acometida por uma dor, uma tristeza, uma coisa estranha aqui dentro, que as vezes parece que vem de fora, ou pra fora quer ir
mas as vezes eu não sou
acontece que quando dói, dói de verdade, e fazia um tempo que não chorava por causa de dor
acho que é porque a gente tem que guardar, esconder...
de quem afinal???
o que afinal?
ah, que se dane os problemas alheios, só eu sei a dor que sinto, que se dane o "existe gente com problemas maiores que o seu"
o problema é meu
a dor é minha
e só eu sei, e não sei, sobre ela.

7 comentários:

  1. Muito bom o seu texto..
    realmente é assim que me sinto as vezes..
    dor ;e algo tao individual que algo que pode indolor para mim pode te matar..
    gostei desse lance do amor-proprio quase como uma egoismo diante da dor..

    parabens pelo blog..
    seguindo pq gostei muito..

    beijaum..

    ResponderExcluir
  2. Ah! eu também escrevo se puder me faz um viistinha para ler meus textos..

    ResponderExcluir
  3. Nossos problemas são menores que os de muita gente, sim, mas ainda são nossos e machucam, nos tiram o sono, existem!
    Belo texto.

    http://anastiehl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Luísa!

    Parabens pela qualidade do blog, ele é bem bonito e agradavel, gostei bastante da composição de cores do titulo, em tons brancos, escuros, e azul escuro/roxo. Proporcionaram um efeito de fantasia, encanto, e poesia tremendos.

    Entendo como se sente a respeito da dor, é algo que realmente acaba nos afligindo uma hora ou outra.
    Nessas horas gostariamos que o mundo parasse, para que tivessemos condições de sarar daquele mal, que muitas vezes parece querer nos devorar de todo.

    Apesar de momentos dolorosos, são oportunidades de crescimento, de aprodundamento,e melhor conhecimento do EU.
    Pelo menos essa é minha forma de pensar.
    Nisso, devemos sempre procurar ser maior que os problemas, e não deixar que os mesmos nos dominem, devemos sempre ver o que podemos fazer, acreditar no melhor.

    Alem disso sempre temos, seja quem for, pessoas com as quais podemos contar, as quais, mesmo com palavras, ou um abraço, um incentivo, uma oração, já nos apoia, mostra que não estamos sozinhos.

    Um grande abraço, e quando puder, não deixe de visitar meu blog, acredito que ira apreciar.

    Um grande abraço

    Wendel aka Bersebah

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu texto. Ele traduz tanto algumas coisas que venho sentindo.

    ResponderExcluir
  6. http://www.marketingdeinternet.org/

    Todas estas perguntas nós temos a resposta e podemos construir o caminho para o sucesso da sua empresa. Seja ela um pequeno Bufe numa cidade do interior ou uma grande rede de lojas de varejo que queira ganhar o seu espaço na internet.
    Não temos receitas prontas, nem publicamos livros sobre Marketing de internet porque a internet é algo que muda a todo instante e voce precisa ter o Know How de anos de experência para poder oferecer ao seu cliente resultados concretos e não riscos.

    ResponderExcluir
  7. "Cada um sabe as dores e tristezas que vier"

    "A dor é inevitável o sofrimento é Opcional"
    (Carlos Drummond de Andrade)


    Beijos!

    ResponderExcluir

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza
Clique na imagem e conheça meu diário de sonhos