terça-feira, 14 de junho de 2016


Minha caneta viciou em você
Minha melodia só dança você
E nada aceita que eu mude o tom
Agora que descobri o que é bom
E mesmo nada mais me mantendo aqui
Nao sei o porque minha alma insiste em investir
Em algo que nem mais quer
Receber o afeto que de meu desejo és
E já inventei um mundo onde nós poderíamos existir...
Mas sei que esse dia nem irá vir...
E então tudo bagunça aqui
E me perco nas folhas em que te descrevi...
E nem final posso ter
Nem esses versos posso concluir
Porque nao pode ter fim o que começo nunca teve a coexistir.

2 comentários:

  1. Muito bom! amo ler seus textos!
    Phelipe (Chips...) rsrs :)

    ResponderExcluir

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza

E se a singelez da margarida for melhor que a sedução da rosa? (Frase Rodrigo; Desenho Maria Luiza
Clique na imagem e conheça meu diário de sonhos